Pular para o conteúdo principal

PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRODUÇÃO: QUAL A SUA FUNÇÃO E IMPORTÂNCIA?



Blog Operações e Serviços


O Planejamento e Controle da Produção (PCP) auxilia no processo de tomada de decisão nos níveis estratégico, tático e operacional. Controla a entrada, saída de materiais e produtos acabados.

O PCP geralmente é o intermediador dos conflitos de interesse entre a produção que visa a maximização da produtividade e o departamento comercial que busca flexibilidade para atender as necessidades do mercado.

A sua ferramenta de trabalho é a informação proveniente dos demais setores da empresa como qualidade, engenharia, comercial, produção, recursos humanos, etc.

O processamento destas informações permite "projetar" uma previsão com visão  de demanda no longo, médio e curto prazo para a tomada de decisões de o que, quanto, quando produzir e comprar e ainda quais recursos serão utilizados.

Quando o planejamento e o controle dos recursos de entrada e saída dos processos produtivos é ineficiente ou quando não existe, há impacto diretamente sobre o processo produtivo e logístico, podendo levar a retrabalhos, atrasos de entrega, falta de estoques de matéria prima, etc.

As funções do PCP  estão relacionadas com o atendimento da demanda e dos prazos, para isto gera com eficiência o fluxo de materiais, definir o seu ponto de compra para atender as necessidades do clientes, seja utilizando a capacidade interna, dos fornecedores e em casos específicos do próprio cliente.  O PCP atua durante e após o processo produtivo por meio da programação de matéria prima, máquinas, pessoas e do estoque, leva em consideração os fatores que podem influenciar os processos produtivos.

Comentários

Postagens Mais Visitadas

METODOLOGIA 5G - AÇÕES SIMPLES E EFICAZES

A metodologia 5G é composta por cinco expressões japonesas com a letra inicial “G” e tem como objetivo auxiliar na resolução de problemas.
São atitudes que facilitam a busca pela causa raiz para a solução problemas e possíveis melhorias através da observação direta. A metodologia traz o objetivo de que para resolvermos os problemas é necessário entendê-los totalmente, indo até ao local onde estão ocorrendo, melhorando a visão das pessoas sobre o que de fato está acontecendo para então trabalhar na resolução.

GEMBA – Local de trabalho
Gemba é traduzido como o “lugar onde as coisas acontecem” ou o “local real”, ou seja, é local onde o valor é agregado, geralmente é utilizado na expressão Gemba Walk, que se refere a uma caminhada não só pela produção, mas em todos os lugares onde são necessárias ações para atender clientes. O objetivo do Gemba Walk é praticar caminhadas pelos locais de trabalho afim de encontrar oportunidades para melhorias, avaliar resultados, indicadores e ouvir as pesso…

LEAN: O DESPERDÍCIO PODE ESTAR DISFARÇADO DENTRO DO SEU PROCESSO

O lucro resultante da união de todos os esforços para o fornecimento de um produto ou a prestação de serviço ao cliente é a razão de existência de toda a empresa. Nesta publicação vamos falar sobre os sete desperdícios que podem impactar na redução de uma parcela importante deste ganho em sua organização.




Identificar e trabalhar para eliminar ou reduzir os desperdícios faz parte do Sistema Lean ou mentalidade enxuta e deveria ser uma meta de todo gestor e gerente ligado a produção. A descrição é muito simples eliminar tudo o que consome recursos mas que não agrega valor ao seu produto, a marca ou a sua empresa, o difícil é de fato colocar em prática.
Uma das dificuldades é que os desperdícios podem estar “despercebidos” em meio aos processos, não há como tratarmos um problema desconhecido ou que é considerado normal.
Segundo Flavio Picchi (Lean Institute Brasil) em uma publicação para a revista Época Negócios em outubro de 2017, os processos confusos misturam trabalho útil (que agrega…

MIERUKA - VER PARA CRER

Como andam as informações em sua empresa? Todo mundo entende ou só quem desenvolveu compreende?


O Mieruka é um termo japonês traduzido como Controle Visual e seguir suas diretrizes pode contribuir muito nos fluxos de informação e processos da sua empresa e devemos seguir três diretrizes para aplicar a ferramenta:


1). Desenvolver um controle visual simples;


2). Todos devem conseguir enxergar e identificar;


3). Devido a possíveis mudanças devem ser fáceis de atualizar.



Explico cada uma delas e os quatro tipos de Mieruka existentes neste artigo: https://lnkd.in/dZciqDB

O Artigo também estará disponível em PDF no link da publicação original no LinkedIn