Pular para o conteúdo principal

INOVAÇÃO: A CHAVE PARA A COMPETITIVIDADE

Em meio a um ambiente globalizado e altamente competitivo em que as mudanças ocorrem numa frequência cada vez maior e num ritmo super acelerado, a capacidade de inovar é uma das mais relevantes atividades que permitem que pequenas e médias empresas sejam competitivas tanto no mercado interno quanto externo.

Para que uma empresa se mantenha competitiva, é preciso que ela adote métodos que possibilitem gerar valor ao produto ou serviço, fazendo com que os benefícios superem o custo de aquisição, dificultando que os concorrentes os copiem. 

A cultura de inovação é uma importante ferramenta para garantir a manutenção da competitividade da organização, e a velocidade de resposta a mudanças no mercado, está ligada entre outros ao capital intelectual dos seus dirigentes e colaboradores.


Blog Operações e Serviços - www.operacoeseservicos.com



Os hábitos organizacionais afetam os resultados do negócio e os comportamentos antigos, raramente são os melhores. É comum ver empresas de sucesso que estão posicionadas no topo do ranking dos seus respectivos negócios, terem como os seus produtos chefes aqueles lançados num tempo igual ou inferior a dois ou três anos.

Inovação significa somente criar algo novo, significa desenvolver algo, novo, que gera bons frutos para a empresa através da transição de ideias em resultados concretos.

Inovar gera desenvolvimento econômico sendo um dos elementos estratégicos que fazem com que a organização venha a obter vantagem competitiva frente aos seus concorrentes.

“A implementação de um produto (bem ou serviço) novo ou significativamente melhorado, ou um processo, ou um novo método de marketing, ou um novo método organizacional nas práticas de negócios, na organização do local de trabalho ou nas relações externas”. (OCDE, 1997, p. 55)


Formas de Inovar:

  • Introdução de novos produtos; 
  • Introdução de novos métodos de produção; 
  • Abertura de novos mercados; 
  • Desenvolvimento de novas fontes provedoras de matérias-primas e outros insumos; 
  • Criação de novas estruturas de mercado em uma indústria. 


A busca constante pela excelência está associada a competição existente no mercado, do contrário não seria necessário a realização de um planejamento estratégico, uma vez que o seu principal objetivo é assegurar a empresa, um diferencial sobre os seus concorrentes.

Comentários

Postagens Mais Visitadas

GRÁFICO BALANCEAMENTO DE OPERADORES

O Balanceamento de operadores é feito através das análises dos tempos que cada estágio leva para fabricar um conjunto ou uma parte do produto final.

A flexibilidade do trabalho é a chave para o gerenciamento eficaz de recursos e é por este motivo que um balanceamento das operações traz a garantia de que cada estação pode entregar e ser atendida dentro do Takt Time, utilizando a capacidade de produção disponível.

Estou disponibilizando uma Planilha GBO, para auxiliar no balanceamento e identificação das:

AV – Atividades que agregam valor;

NAV – Atividades que não agregam valor;

NAVN – Atividades que não agregam valor, mas não necessárias.

E então junto com os gestores de linha trabalhar na eliminação de desperdícios e melhorar o fluxo da produção. Sempre digo “juntos” por considerar a experiência de quem está no Gemba a mais tempo e todos os dias muito importante.

Mas antes de qualquer coisa devemos além de conversar com o gestor, ir até os colaboradores e explicar os motivos da tomad…

METODOLOGIA 5G - AÇÕES SIMPLES E EFICAZES

A metodologia 5G é composta por cinco expressões japonesas com a letra inicial “G” e tem como objetivo auxiliar na resolução de problemas.
São atitudes que facilitam a busca pela causa raiz para a solução problemas e possíveis melhorias através da observação direta. A metodologia traz o objetivo de que para resolvermos os problemas é necessário entendê-los totalmente, indo até ao local onde estão ocorrendo, melhorando a visão das pessoas sobre o que de fato está acontecendo para então trabalhar na resolução.

GEMBA – Local de trabalho
Gemba é traduzido como o “lugar onde as coisas acontecem” ou o “local real”, ou seja, é local onde o valor é agregado, geralmente é utilizado na expressão Gemba Walk, que se refere a uma caminhada não só pela produção, mas em todos os lugares onde são necessárias ações para atender clientes. O objetivo do Gemba Walk é praticar caminhadas pelos locais de trabalho afim de encontrar oportunidades para melhorias, avaliar resultados, indicadores e ouvir as pesso…

O CONCEITO DE EFICIÊNCIA, EFICÁCIA E EFETIVIDADE

É dever de um líder conduzir as pessoas da sua equipe a fazerem as coisas certas (eficácia), da melhor maneira possível (eficiência) buscando os impactos sociais e comerciais favoráveis a organização (efetividade).

Mas o que é eficiência, eficácia e efetividade?

FAZER A COISA CERTA – EFICÁCIA
Normalmente está ligada ao nível gerencial, busca atingir objetivos, alcançar os resultados planejados, atingir a meta.

Não está preocupada em como fazer, não mede recursos e esforços para fazer o que é preciso ser feito.


Exemplo 1:
Uma grande obra está sendo construída para um evento que acontecerá daqui a 3 anos, a empresa que ganhar a licitação deverá entrega-la pronta em 2 anos. O orçamento inicial é de 100 milhões de reais.

Ao final de dois anos a empreiteira nomeada entregou a obra totalmente concluída, mas em função de diversos problemas o orçamento final ficou em 250 milhões.

O projeto de construção da obra foi eficaz, pois pois foi finalizado dentro do prazo programado.

FAZER A COISA…