Pular para o conteúdo principal

INOVAÇÃO: A CHAVE PARA A COMPETITIVIDADE

Em meio a um ambiente globalizado e altamente competitivo em que as mudanças ocorrem numa frequência cada vez maior e num ritmo super acelerado, a capacidade de inovar é uma das mais relevantes atividades que permitem que pequenas e médias empresas sejam competitivas tanto no mercado interno quanto externo.

Para que uma empresa se mantenha competitiva, é preciso que ela adote métodos que possibilitem gerar valor ao produto ou serviço, fazendo com que os benefícios superem o custo de aquisição, dificultando que os concorrentes os copiem. 

A cultura de inovação é uma importante ferramenta para garantir a manutenção da competitividade da organização, e a velocidade de resposta a mudanças no mercado, está ligada entre outros ao capital intelectual dos seus dirigentes e colaboradores.


Blog Operações e Serviços - www.operacoeseservicos.com



Os hábitos organizacionais afetam os resultados do negócio e os comportamentos antigos, raramente são os melhores. É comum ver empresas de sucesso que estão posicionadas no topo do ranking dos seus respectivos negócios, terem como os seus produtos chefes aqueles lançados num tempo igual ou inferior a dois ou três anos.

Inovação significa somente criar algo novo, significa desenvolver algo, novo, que gera bons frutos para a empresa através da transição de ideias em resultados concretos.

Inovar gera desenvolvimento econômico sendo um dos elementos estratégicos que fazem com que a organização venha a obter vantagem competitiva frente aos seus concorrentes.

“A implementação de um produto (bem ou serviço) novo ou significativamente melhorado, ou um processo, ou um novo método de marketing, ou um novo método organizacional nas práticas de negócios, na organização do local de trabalho ou nas relações externas”. (OCDE, 1997, p. 55)


Formas de Inovar:

  • Introdução de novos produtos; 
  • Introdução de novos métodos de produção; 
  • Abertura de novos mercados; 
  • Desenvolvimento de novas fontes provedoras de matérias-primas e outros insumos; 
  • Criação de novas estruturas de mercado em uma indústria. 


A busca constante pela excelência está associada a competição existente no mercado, do contrário não seria necessário a realização de um planejamento estratégico, uma vez que o seu principal objetivo é assegurar a empresa, um diferencial sobre os seus concorrentes.

Comentários

Postagens Mais Visitadas

METODOLOGIA 5G - AÇÕES SIMPLES E EFICAZES

A metodologia 5G é composta por cinco expressões japonesas com a letra inicial “G” e tem como objetivo auxiliar na resolução de problemas.
São atitudes que facilitam a busca pela causa raiz para a solução problemas e possíveis melhorias através da observação direta. A metodologia traz o objetivo de que para resolvermos os problemas é necessário entendê-los totalmente, indo até ao local onde estão ocorrendo, melhorando a visão das pessoas sobre o que de fato está acontecendo para então trabalhar na resolução.

GEMBA – Local de trabalho
Gemba é traduzido como o “lugar onde as coisas acontecem” ou o “local real”, ou seja, é local onde o valor é agregado, geralmente é utilizado na expressão Gemba Walk, que se refere a uma caminhada não só pela produção, mas em todos os lugares onde são necessárias ações para atender clientes. O objetivo do Gemba Walk é praticar caminhadas pelos locais de trabalho afim de encontrar oportunidades para melhorias, avaliar resultados, indicadores e ouvir as pesso…

LEAN: O DESPERDÍCIO PODE ESTAR DISFARÇADO DENTRO DO SEU PROCESSO

O lucro resultante da união de todos os esforços para o fornecimento de um produto ou a prestação de serviço ao cliente é a razão de existência de toda a empresa. Nesta publicação vamos falar sobre os sete desperdícios que podem impactar na redução de uma parcela importante deste ganho em sua organização.




Identificar e trabalhar para eliminar ou reduzir os desperdícios faz parte do Sistema Lean ou mentalidade enxuta e deveria ser uma meta de todo gestor e gerente ligado a produção. A descrição é muito simples eliminar tudo o que consome recursos mas que não agrega valor ao seu produto, a marca ou a sua empresa, o difícil é de fato colocar em prática.
Uma das dificuldades é que os desperdícios podem estar “despercebidos” em meio aos processos, não há como tratarmos um problema desconhecido ou que é considerado normal.
Segundo Flavio Picchi (Lean Institute Brasil) em uma publicação para a revista Época Negócios em outubro de 2017, os processos confusos misturam trabalho útil (que agrega…

MIERUKA - VER PARA CRER

Como andam as informações em sua empresa? Todo mundo entende ou só quem desenvolveu compreende?


O Mieruka é um termo japonês traduzido como Controle Visual e seguir suas diretrizes pode contribuir muito nos fluxos de informação e processos da sua empresa e devemos seguir três diretrizes para aplicar a ferramenta:


1). Desenvolver um controle visual simples;


2). Todos devem conseguir enxergar e identificar;


3). Devido a possíveis mudanças devem ser fáceis de atualizar.



Explico cada uma delas e os quatro tipos de Mieruka existentes neste artigo: https://lnkd.in/dZciqDB

O Artigo também estará disponível em PDF no link da publicação original no LinkedIn