Pular para o conteúdo principal

INOVAÇÃO: A CHAVE PARA A COMPETITIVIDADE

Em meio a um ambiente globalizado e altamente competitivo em que as mudanças ocorrem numa frequência cada vez maior e num ritmo super acelerado, a capacidade de inovar é uma das mais relevantes atividades que permitem que pequenas e médias empresas sejam competitivas tanto no mercado interno quanto externo.

Para que uma empresa se mantenha competitiva, é preciso que ela adote métodos que possibilitem gerar valor ao produto ou serviço, fazendo com que os benefícios superem o custo de aquisição, dificultando que os concorrentes os copiem. 

A cultura de inovação é uma importante ferramenta para garantir a manutenção da competitividade da organização, e a velocidade de resposta a mudanças no mercado, está ligada entre outros ao capital intelectual dos seus dirigentes e colaboradores.


Blog Operações e Serviços - www.operacoeseservicos.com



Os hábitos organizacionais afetam os resultados do negócio e os comportamentos antigos, raramente são os melhores. É comum ver empresas de sucesso que estão posicionadas no topo do ranking dos seus respectivos negócios, terem como os seus produtos chefes aqueles lançados num tempo igual ou inferior a dois ou três anos.

Inovação não significa somente criar algo novo, significa desenvolver algo, novo, que gere bons frutos para a empresa através da transição de ideias em resultados concretos.

Inovar gera desenvolvimento econômico sendo um dos elementos estratégicos que fazem com que a organização venha a obter vantagem competitiva frente aos seus concorrentes.


Formas de Inovar:

  • Introdução de novos produtos; 
  • Introdução de novos métodos de produção; 
  • Abertura de novos mercados; 
  • Desenvolvimento de novas fontes provedoras de matérias-primas e outros insumos; 
  • Criação de novas estruturas de mercado em uma indústria. 


A busca constante pela excelência está associada a competição existente no mercado, do contrário não seria necessário a realização de um planejamento estratégico, uma vez que o seu principal objetivo é assegurar a empresa, um diferencial sobre os seus concorrentes.


Muito obrigado e até a próxima.

Comentários

Postagens Mais Visitadas

GRÁFICO BALANCEAMENTO DE OPERADORES

O Balanceamento de operadores é feito através das análises dos tempos que cada estágio leva para fabricar um conjunto ou uma parte do produto final.

A flexibilidade do trabalho é a chave para o gerenciamento eficaz de recursos e é por este motivo que um balanceamento das operações traz a garantia de que cada estação pode entregar e ser atendida dentro do Takt Time, utilizando a capacidade de produção disponível.

Estou disponibilizando uma Planilha GBO, para auxiliar no balanceamento e identificação das:

AV – Atividades que agregam valor;

NAV – Atividades que não agregam valor;

NAVN – Atividades que não agregam valor, mas não necessárias.

E então junto com os gestores de linha trabalhar na eliminação de desperdícios e melhorar o fluxo da produção. Sempre digo “juntos” por considerar a experiência de quem está no Gemba a mais tempo e todos os dias muito importante.

Mas antes de qualquer coisa devemos além de conversar com o gestor, ir até os colaboradores e explicar os motivos da tomad…

METODOLOGIA 5G - AÇÕES SIMPLES E EFICAZES

A metodologia 5G é composta por cinco expressões japonesas com a letra inicial “G” e tem como objetivo auxiliar na resolução de problemas.
São atitudes que facilitam a busca pela causa raiz para a solução problemas e possíveis melhorias através da observação direta. A metodologia traz o objetivo de que para resolvermos os problemas é necessário entendê-los totalmente, indo até ao local onde estão ocorrendo, melhorando a visão das pessoas sobre o que de fato está acontecendo para então trabalhar na resolução.

GEMBA – Local de trabalho
Gemba é traduzido como o “lugar onde as coisas acontecem” ou o “local real”, ou seja, é local onde o valor é agregado, geralmente é utilizado na expressão Gemba Walk, que se refere a uma caminhada não só pela produção, mas em todos os lugares onde são necessárias ações para atender clientes. O objetivo do Gemba Walk é praticar caminhadas pelos locais de trabalho afim de encontrar oportunidades para melhorias, avaliar resultados, indicadores e ouvir as pesso…

MIERUKA - VER PARA CRER

Como andam as informações em sua empresa? Todo mundo entende ou só quem desenvolveu compreende?


O Mieruka é um termo japonês traduzido como Controle Visual e seguir suas diretrizes pode contribuir muito nos fluxos de informação e processos da sua empresa e devemos seguir três diretrizes para aplicar a ferramenta:


1). Desenvolver um controle visual simples;


2). Todos devem conseguir enxergar e identificar;


3). Devido a possíveis mudanças devem ser fáceis de atualizar.



Explico cada uma delas e os quatro tipos de Mieruka existentes neste artigo: https://lnkd.in/dZciqDB

O Artigo também estará disponível em PDF no link da publicação original no LinkedIn